segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Marina-Carlos Ruiz Zafón

Depois de praticamente uma semana de ter lido o livro, eu finalmente faço a resenha! #todoscomemora
É que Marina foi um livro muito marcante para mim, e toda vez que eu ia fazer a resenha eu ficava lembrando da história e acabava não fazendo!

Óscar Drai é um garoto que estuda em um internato em Barcelona. Nos seus horários livres, ele sempre sai para dar uma passeada por aí.
Até que, um dia, ele estava andando por um bairro próximo ao internato e se depara com um casarão antigo que, de lá de dentro, uma voz linda cantava. Óscar não conteve sua curiosidade e entrou no casarão para ver quem era a dona daquela linda voz.
Dentro do casarão, há uma vitrola (se não me engano) e de lá que o som vem. Ele (Óscar) vai até a vitrola e encontra um relógio e o coloca na mão. Mas toma um enorme susto quando o dono do casarão aparece, achando que Óscar é um ladrão.

Sem perceber, Óscar levou o relógio consigo até o internato.
Alguns dias se passam e Óscar está com um enorme peso na consciência por ainda estar com o relógio, então, mesmo com medo, resolve voltar ao casarão e devolvê-lo.

Lá, ele conhece Marina, uma menina da sua idade. Óscar, Marina e até mesmo Germán, o pai de Marina, ficam muito amigos e parecem uma verdadeira família. Sendo que, todas as vezes que Óscar tem horas vagas, vai à casa deles.

Então, numa dessas visitas, Marina chama Óscar para um passeio. Eles vão parar em um cemitério, onde encontram uma mulher vestida de preto visitando um túmulo sem nome, apenas com uma borboleta negra na lápide. Os dois decidem segui-la... E que péssima decisão!
Depois disso, a vida de Marina e de Óscar muda completamente e os dois entram automaticamente numa história repleta de mistério, suspense e terror.

Só as pessoas que têm algum lugar para ir podem desaparecer- Página 7

Marina foi um livro bem marcante para mim. Do início ao fim, eu me via apaixonada pelo enredo e pelas personagens. Zafón construiu uma história envolvente, impactante e altamente viciante. Tudo ficou bem detalhado, sem ficar chato e nem irritante, e, apesar das poucas páginas, tudo foi muito bem construído e bem explicado!

Boa parte dos nossos vários sentimentos são expressados ao lermos esse livro, como tristeza, alegria, melancolia, curiosidade... E por ter gostado tanto de Marina, pretendo ler mais obras de Zafón futuramente! (:

É óbvio que não precisei pensar duas vezes para ele entrar para minha lista de favoritos! *--*

-----------

Título: Marina
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Editora: Suma de Letras
Páginas: 189
Avaliação: Ótimo (5/5)
Neste livro, Zafón constrói um suspense envolvente em que Barcelona é a cidade-personagem, por onde o estudante de internato Óscar Drai, de 15 anos, passa todo o seu tempo livre, andando pelas ruas e se encantando com a arquitetura de seus casarões. É um desses antigos casarões aparentemente abandonados que chama a atenção de Oscar, que logo se aventura a entrar na casa. Lá dentro, o jovem se encanta com o som de uma belíssima voz e por um relógio de bolso quebrado e muito antigo. Mas ele se assusta com uma inesperada presença na sala de estar e foge, assustado, levando o relógio. Dias depois, ao retornar à casa para devolver o objeto roubado, conhece Marina, a jovem de olhos cinzentos que o leva a um cemitério, onde uma mulher coberta por um manto negro visita uma sepultura sem nome, sempre à mesma data, à mesma hora. Os dois passam então a tentar desvendar o mistério que ronda a mulher do cemitério, passando por palacetes e estufas abandonadas, lutando contra manequins vivos e se defrontando com o mesmo símbolo - uma mariposa negra - diversas vezes, nas mais aventurosas situações por entre os cantos remotos de Barcelona. Tudo isso pelos olhos de Oscar, o menino solitário que se apaixona por Marina e tudo o que a envolve, passando a conviver dia e noite com a falta de eletricidade do casarão, o amigável e doente pai da garota, Germán, o gato Kafka, e a coleção de pinturas espectrais da sala de retratos. Em Marina, o leitor é tragado para dentro de uma investigação cheia de mistérios, conhecendo, a cada capítulo, novas pistas e personagens de uma intrincada história sobre um imigrante de Praga que fez fama e fortuna em Barcelona e teve com sua bela esposa um fim trágico. Ou pelo menos é o que todos imaginam que tenha acontecido, a não ser por Oscar e Marina, que vão correr em busca da verdade - antes de saber que é ela que vai ao encontro deles, como declara um dos complexos personagens do livro. 

2 comentários :

  1. Ual. Fiquei com uma tremenda vontade de ler. Adorei a resenha!


    http://paginasnaestante.blogspot.com.br/
    @pginasnaestante

    ResponderExcluir
  2. Todo mundo já leu esse livro.. Menos eu :/ Mas espero um dia ter essa oportunidade pois essa obra parece ser muito boa e do gênero que eu curto.. gostei muito da sua resenha, o que me encorajou ainda mais para ler...

    Abraços
    www.entrepaginasdelivros.com/

    ResponderExcluir

Nós adoramos comentários e saber o que vocês acharam das postagens, mas tem algumas regras:
-O espaço dos comentários é para os leitores, então não venha divulgar o blog por aqui. Se quiser divulgar, mande-nos um e-mail. ;D
-Comente sobre o post em questão.
-Não critique de forma grosseira e nem ofenda as pessoas. Críticas são bem vindas, mas educação, por favor! (Caso isso aconteça o comentário será removido.)
Sendo assim, você pode comentar à vontade! ;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leitores!

Todos os textos são feitos por nós, não copie sem por os devidos créditos! Plágio é crime!. Tecnologia do Blogger.

Newsletter

Arquivo

Rafa está lendo

Siga-nos