segunda-feira, 29 de julho de 2013

Delírio-Lauren Oliver

O amor agora é considerado uma doença, e não uma doença qualquer: o amor é mortal.
Mas, para isso, encontraram uma solução. A chamada "intervenção" veio para ficar. Depois que o cidadão completa 18 anos e passa por um teste, ele passa por uma cirurgia para não correr o risco de amar. Além disso, o governo quem decide o futuro da pessoa: com quem vai casar, a faculdade que irá cursar, no que trabalhar e quantos filhos ter. As pessoas com menos de dezoito anos são vulneráveis ao amor delíria nervosa, então é por isso que o convívio de meninos com meninas é proibido.

Lena não vê a hora da sua intervenção chegar. O histórico da sua família não é dos melhores, já que sua mãe se suicidou por causa do delíria.
Mas então aparece Alex, um garoto por quem Lena se apaixona.

A luta contra o governo e o amor entre os dois nos mostram uma história linda e repleta de aventura. Com personagens bem construídos e uma distopia de tirar o fôlego.
Lena é uma mocinha fora do comum, pois ela não é frágil, não é lenta e é muito esperta.
E Alex é lindo, perfeito, tudo de bom! haha

Para quem gostou de Jogos Vorazes ou de outras distopias, essa é recomendadíssima! Vale a pena ler.

"Você pode morrer de amor ou da falta dele."
Página 9
-----------

Título: Delírio
Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 352
Avaliação: Ótimo (5/5)
Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?.

domingo, 28 de julho de 2013

A Mais Ouvida da Semana-I Write Sins Not Tragedies


Olá pessoal!
Vocês viram que eu fiquei ausente nesta semana, não é? Então, eu decidi pegar uma "mini-férias" do blog e deixei essa semana para aproveitar o fim das minhas férias.
Eu nem li direito nesse meio tempo, então, não garanto muitas resenhas este mês.
Mas vamos para a música...

I Write Sins Not Tragedies-Panic! At The Disco


Eu simplesmente AMO P!ATD e essa música está entre as minhas favoritas.
O clipe também é divo! *-*

Beijos


terça-feira, 16 de julho de 2013

O que eu li em... Junho


Olá gente linda! ((:
Estou um pouco atrasada com esse post, então, me desculpem.
No mês de Junho eu li quatro livros, o que, para mim, é um número satisfatório!
Antes de conferirmos os livros, gostaria de dar os parabéns ao meu amigo e companheiro de blog, o Edu, que hoje está fazendo aniversário! Parabéns Edu! (:
Mas vamos para o que interessa...

Esperando por Você, de Susane Colasanti
O segundo ano do colegial está começando e Marisa quer que tudo mude. Ela está "a fim" de Derek, o garoto popular do colégio.
Só que tem um problema: Derek tem namorada!
Além disso, seu companheiro de laboratório é seu antigo amigo de infância Nash. Por algum motivo, na infância eles acabaram se afastando, mas agora voltaram a ser amigos.
Por trás de toda essa história, há também um DJ anônimo que faz programas online e que parece capaz de entender Marisa.
O livro é bem leve e eu li ele em poucos dias, ótimo para as férias, por exemplo.
Confira a resenha AQUI.

Sete Dias Sem Fim, de Jonathan Tropper
Judd Foxman uma vida um tanto agitada: perdeu a esposa, o emprego e o pai.
Por causo disso, a família de Judd terá que cumprir a shivá, ritual judaico onde a família fica sete dias de luto.
Tudo daria certo se eles não se odiassem!
O livro é bem legal e engraçado, gostei de ter lido! ^^
Resenha AQUI


 Tormenta, de Lauren Kate
O segundo livro da série Fallen é o que realmente deu movimento à série, embora não saia da avaliação de apenas três estrelas.
Luce continua a mesma e não consigo ver melhoras em Daniel, deve ser por isso que o livro (assim como o primeiro da série) não me agradou.
Resenha AQUI




 A Culpa é das Estrelas, de John Green
Eu ainda não sei como eu consegui sobreviver sem ter lido ACEDE.
O livro é simplesmente lindo, perfeito!
Nem sei o que dizer, se não meu "breve comentário" vai ficar enorme aqui, então, já vou colocar o link da resenha para vocês! hahaha
RESENHA




Espero que tenham curtido!
Comentem! haha

domingo, 14 de julho de 2013

A Mais Ouvida da Semana-Here Without You


Oi pessoal!
Antes de dar a minha dica musical, só vou dizer que talvez esta semana os posts do blog não estejam muito bem programados porque eu estou doente e não fico muito no computador. Espero que me entendam! ^^

Mas enfim...

Minha dica musical de hoje é...

Here Without You-3 Doors Down


Ah como eu amo essa música! *-* Eu acho ela meiga e calma, o que me ajudou bastante para me acalmar nas minhas crises de tosse! ahsuahsua

Espero que tenham curtido! ^^


quarta-feira, 10 de julho de 2013

5 livros para ler nas férias



Estamos na época das férias e nesse friozinho é bom ficar em casa relaxando. Quando estamos sem nada para fazer, a melhor companhia é um livro, não acham?
Pensando nisso, decidi indicar cinco livros para vocês aproveitarem bem esse tempinho de folga.

1-Ponto de Impacto, Dan Brown

Se você quer um livro cheio de mistérios, aventura e até mesmo aquela pitadinha básica de romance, Ponto de Impacto está aí para agradar todos que gostam desse gênero!
Se você gosta do tipo de história que o rumo pode mudar num simples passar de páginas, esse é o livro certo para você.





2-Marina, Carlos Ruiz Zafón 

Está procurando uma história bonita, curta e com um pouco de suspense? Leia Marina.
Nesse livro você conhecerá Óscar e Marina que vão fazer você ficar de cabelo arrepiado com tanto mistério.
Vai por mim, não irá se arrepender! (:





3-Cisne, Eleonor Hertzog

Quem gosta de literatura nacional levanta a mão! \o/
Ok, ok, eu até entendo que o tamanho do livro possa te assustar um pouco (sim, são 832 páginas), mas a estória é ótima e cheia de aventuras.
Vai dar para se distrair bastante, pois além do livro ser grande, há vários acontecimentos que nos deixam bastante curiosos!




4-A Maldição do Tigre, Colleen Houck

Esse livro é para quem curte uma boa ficção fantástica com aquele romance apaixonante no meio do livro e aquele cliffhanger sacana no final. haha
Esse livro é muito bom para você passar naqueles momentos antes de dormir, por exemplo, ou quando aquele seu parente chato enfim te deixou em paz! Hahaha
Tô brincando pessoal, amem seus parentes! ;p





5-A Culpa é das Estrelas, John Green

Ah, ACEDE... Como não falar do melhor livro que eu li (até o momento) neste ano?
Se você gosta de um romance um pouco óbvio porém, não meloso, leia esse livro.
Se você gosta de histórias bonitas, leia esse livro.
Se você simplesmente gosta de ler, leia esse livro. Hahaha
Não sei o que falar, simplesmente perfeito!

Skoob
Minha resenha



Espero que tenham gostado, e sintam-se a vontade para comentar!
Também aceito dicas! ;D


segunda-feira, 8 de julho de 2013

A Culpa é das Estrelas-John Green

Sabe aquele livro que é tão bom, mas tão bom, que a história fica martelando na sua cabeça até mesmo depois de você ter terminado de lê-lo? E aquele livro que você simplesmente não consegue expressar em palavras tudo o que sentiu ao lê-lo? Tudo isso eu senti ao ler A Culpa das Estrelas que, aliás, foi o primeiro livro do John Green que eu li. (Peço desculpas se a resenha ficar meio extensa! haha)

Aos treze anos Hazel Grace foi diagnosticada com câncer terminal, em alto estágio, na tireoide. Viver alguns anos para ela seria como um milagre. Hoje, ela está com dezesseis anos e em depressão. Para diminuir essa depressão e para Hazel se sentir como uma adolescente normal, sua mãe sugere que ela frequente um grupo de apoio para crianças e adolescentes que acontece todas as quartas-feiras.
O grupo é extremamente entediante e o único amigo que ela tem lá é Isaac, um garoto que tem câncer nos olhos com quem ela se comunica por suspiros. Pra resumir, é uma coisa muito animada esse grupo! haha

Então, certo dia, ela vê alguém lhe encarando no grupo de apoio. Ela acha aquele menino com sorriso cafajeste um tanto interessante.
Logo depois ela descobre que ele é Augustus Waters, um menino de dezessete anos que teve câncer nos ossos e tem uma prótese em uma das pernas. Eles começam a conversar e se tornam grandes amigos, e que, acabam se apaixonando.

Além disso, Hazel é fã de um livro que, para a alegria dos leitores, termina exatamente no meio de uma frase. O livro é simplesmente sem final e não tem continuação, e, para ajudar, o autor meio que sumiu no mundo e nunca mais deu notícia, o que deixa Hazel e Augustus (sim, ele leu o livro após uma indicação de Hazel) intrigados e determinados a saber o paradeiro das personagens do bendito livro.

O livro então têm duas tramas principais: o romance entre Hazel e Augustus e a busca pelo final do livro.
"Enquanto ele lia, me apaixonei do mesmo jeito que alguém cai no sono: gradativamente e de repente, de uma hora para outra."
Página 118
Acho que esse livro foi a melhor leitura desse ano até agora. Ele é lindo. Emocionante e engraçado na medida certa. As personagens são meigas e totalmente nerds! haha
Sim, o livro é bem nerd mesmo, cheio de metáforas e coisas assim. Mas eu sou uma nerd assumidíssima e não tinha como eu não gostar desse lado inteligente deles.

Eu li o livro super rápido, em questão de horas. Eu até tentei enrolar o final, mas eu chorava tanto e ao mesmo tempo estava agoniada para saber o final.
Sim, eu chorei muito lendo ACEDE, eu não me conformava com os acontecimentos e não consegui segurar as lágrimas. Realmente, se restou 1% de água no meu corpo é muito! Hahaha

Tanto Hazel quanto Gus me cativaram, pois ambos tem atitudes maduras, são fofos e são TUDO DE BOM!!!

Tem várias frases legais ao longo do livro. Não anotei todas que eu gostei, mas eu anotei algumas. Então, talvez eu faça um "especial quotes" aqui para vocês. ^_~

Eu nem sei mais o que falar do livro... hahaha

Então, a leitura é ótima, de fácil entendimento além de ter coerência com tudo. John Green conseguiu me deixar presa à história até mesmo antes de dormir.

A leitura é ótima para jovens e até mesmo adultos, pois retrata tanto a adolescência quanto um assunto, digamos, polêmico: o câncer.
"Alguns infinitos são maiores que outros."
Página 187
----------

Título: A Culpa é das Estrelas
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 288
Avaliação: Ótimo (5/5)
 A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.
Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.

domingo, 7 de julho de 2013

A Mais Ouvida da Semana-A Flor


Hey pessoal! ((:

Se você está de férias, uma boa música é ótima para aproveitar esse tempinho de folga. E para quem ainda está na correria, vamos aproveitar, então, pelo menos esse domingo! haha

Vamos para a minha dica de hoje?

A Flor-Los Hermanos


Já não é a primeira vez que "Los Hermanos" aparece por aqui, mas eu adoro as músicas deles e eles merecem de novo um espacinho aqui no blog! ^^
Adorei essa música, pelo simples fato de eu achá-la linda! *u*
(A música nesse vídeo ficou meio estranha, mas achei melhor colocar este porque é do VEVO da banda.)

Espero que tenham curtido! ((:


sexta-feira, 5 de julho de 2013

TAG: Este blog merece um beijo

Oi pessoal! (:

Vim trazer hoje para vocês a tag "Este Blog Merece Um Beijo", que eu fui indicada pela fofa da Alyne do Livros y Viagens, obrigada por ter lembrado de nós do E+L! (:


Regras da tag:
Responder 5 perguntas
Indicar pelo menos 6 blogs

1.O que levou a criar o blog?
Eu gosto de ler desde que aprendi, e, certa vez, naquele tédio rotineiro do twitter eu me deparei com um blog literário. Gostei da ideia de resenhar livros e interagir com outros leitores, e foi aí que nasceu o Eu + Livros.

2. O que você acha mais importante, comentários ou seguidores?
Comentários, já que a ideia do blog é interagir com outros leitores. Os comentários mostram que a pessoa gostou da postagem e isso é importante para o blogueiro.

3. Você se inspira em alguém ou em algum blog?
Para mim tudo serve de inspiração: outros blogs, autores, etc.

4. Qual foi a melhor situação desde que resolveu ser blogueira?
Conhecer outras pessoas que, como eu, também amam ler.

5. Se você tivesse o poder de impor alguma lei no mundo, qual seria?
Igualdade entre todos os povos/raças/etnias/etc.

Indico:
quarta-feira, 3 de julho de 2013

Wishlist #35


Oi pessoal!
Esse é o mês das férias da maioria da galera, e nada melhor que ótimas leituras para aproveitarmos o tempinho livre que, para quem vive na correria, é mais que bem vindo.
Vamos conferir? (:

Um Gato de Rua Chamado Bob, de James Bowen

Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks).
Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.
Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.
Antes de tudo, uma observação: Eu amo gatos incondicionalmente, por isso esse livro me interessou tanto. A história parece linda e o lha que fofura o gatinho ali no logo da Novo Conceito! *---*

O Menino da Mala, de Lene Kaaberbøl e Agnete Friis

“Você adora salvar as pessoas, não é? Bem, aqui está a sua chance.” Mesmo sem entender o que sua amiga Karin quer dizer com isso, Nina atende seu pedido e vai até a estação ferroviária de Copenhague buscar uma mala no guarda-volumes. Dentro, encontra um menino de 3 anos nu e dopado, mas vivo.
Chocada, Nina mal tem tempo de pensar no que fazer, pois um brutamontes furioso aparece atrás do garoto. Será que ela está diante de um caso de tráfico de crianças? Sem saber se deve confiar na polícia, ela foge com o menino e vai à procura de Karin, a única que pode esclarecer aquele absurdo.
Quando descobre que a amiga foi brutalmente assassinada, Nina se dá conta de que sua vida está ameaçada e que o garoto também precisa ser salvo. Mas, para isso, é necessário descobrir quem ele é, de onde veio e por que está sendo caçado.
Neste primeiro livro da série da enfermeira Nina Borg, vendido para 27 países, as autoras Lene Kaaberbøl e Agnete Friis apresentam uma heroína que luta contra seus demônios e busca fazer justiça em meio à crueldade e à indiferença do mundo.
 Se vocês viram a última edição do Minhas Capas sabem o quanto eu gostei dessa capa. Mas não foi apenas a capa que me agradou. A estória parece ser bem envolvente e interessante, e por isso que quero ler esse livro! ((:

Bruxos e Bruxas, de James Patterson e Gabrielle Charbonnet

No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós.
Falem a palavra "bruxo" que eu já vou correndo! hahaha ;p
To brincando, mas de qualquer forma esse livor parece ser interessantíssimo! Nunca li nada do James Patterson, mas todos os livros parecem bons!

Espero que tenham gostado!



segunda-feira, 1 de julho de 2013

Tormenta-Lauren Kate

Essa resenha pode conter spoilers do outro livro da série. 
Veja a resenha de Fallen AQUI.

Para quem leu a minha resenha de Fallen, o primeiro livro da série, sabe que eu gostei relativamente dele. Achei a história meio chatinha, melosa e tudo mais. Mas críticas de blogueiros e amigos me motivaram a continuar a série, então, arrisquei.

O livro começa exatamente onde o outro acaba: com a trégua que Cam faz com Daniel.
A trégua durará dezoito dias, e nesses dezoito dias Daniel terá que ficar longe de Luce. Além disso, Luce não poderá continuar estudando no antigo reformatório pois ele não é seguro, já que, tipo, todos querem matá-la. Então, ela vai para Shoreline, uma escola totalmente mais agradável do que a sua antiga.

Lá ela conhece Shelby e Miles (além de outras personagens secundárias), que já de início ficam amigos.

O que Luce quer é saber mais sobre suas vidas passadas com Daniel, mas não sabe como fazer isso. Então, depois de uma aula envolvendo os Anunciadores, que são as sombras que Luce enxerga desde a infância, Luce tem uma ideia de como vislumbrar essas vidas passadas.

Mas será que isso é totalmente seguro? E afinal, será que Daniel está com essa "bola toda" e Luce está realmente satisfeita com o relacionamento dos dois? Isso é que você verá lendo "Tormenta".

"Às vezes coisas belas entram em nossa vida de repente. Nem sempre podemos compreendê-las, mas temos de confiar nelas."
Página 312
Todos me falaram que a série iria ficar melhor nesse livro e blá-blá-blá. Ok, eu até respeito a opinião de quem achou isso, mas eu achei que o ritmo continuou praticamente o mesmo.
Claro, deu uma acelerada, isso não posso negar, mas continuou sendo aquele sobrenatural chatinho que já estamos acostumados.

Luce continua bobinha, o que é uma pena. Ela evoluiu (Luce Pokemón) na parte dos questionamentos sobre o que sentia por Daniel e o que ele sentia por ela. Porém, fora isso, ela continua a mesma.
Achei Shelby na maior parte do tempo irritante, embora ela tenha sido de suma importância no desfecho do livro.
E Miles... Ah, Miles, seu lindo... Fofo, leal, querido e sincero. Até agora, o melhor personagem masculino da série.
Cam, embora seja #dumal continua daquele jeitinho irônico de ser. E gato, claro! haha
Ainda não consegui gostar totalmente de Daniel, pois acho ele egoísta e, simplesmente, chato.

As últimas partes é que fazem o livro valer a pena, embora o final seja extremamente revoltante, sabe, o famoso cliffhanger, o que por um lado, meio que me obrigou a continuar a série, embora a minha vontade seja mínima!

Se alguém leu Paixão, por favor, comente e me diga se realmente vale a pena continuar a série.

-----------

Título: Tormenta (Fallen #2)
Autora: Lauren Kate
Editora: Galera Record 
Páginas: 392
Avaliação: Bom (3/5)
Quantas vidas você precisa viver antes de encontrar alguém que valha a pena morrer? Como consequência do que aconteceu na Sword & Cross, Luce foi escondida por seu namorado que é um anjo amaldiçoado, Daniel, em uma nova escola repleta de Nephilim, descendentes de anjos caídos e seres humanos. Daniel prometeu que ela estará segura aqui, protegida daqueles que querem matá-la. Na escola a Luce descobre o que as Sombras que a seguiram durante toda a sua vida significam – e como manipulá-las para ver dentro de suas outras vidas. Ainda assim, quanto mais a Luce aprende sobre si mesma, mais ela percebe que o passado é sua única chave para desbloquear seu futuro… e que Daniel não lhe disse tudo. E se a versão dele do passado não é bem como as coisas realmente aconteceram… e se a Luce era para estar realmente com outra pessoa?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leitores!

Todos os textos são feitos por nós, não copie sem por os devidos créditos! Plágio é crime!. Tecnologia do Blogger.

Newsletter

Arquivo

Rafa está lendo

Siga-nos