quarta-feira, 20 de maio de 2015

Wishlist #52


Oi pessoal, tudo bom? Estamos aqui com mais uma edição da fabulosa Wishlist, a coluna onde eu mostro para vocês alguns livros que eu gostaria de ter em minha coleção. Vamos conferir?

"Uma História de Amor e Toc", de Corey Ann Haydu
Publicado pela Editora Galera Record


"Bea foi diagnosticada com transtorno obsessivo-compulsivo. De uns tempos pra cá, desenvolveu algumas manias que podem se tornar bem graves quando se trata de... garotos! Ela jura que está melhorando, que está tudo sob controle. Até começar a se apaixonar por Beck, um menino que também tem TOC. Enquanto ele lava as mãos oito vezes depois de beijá-la, ela persegue outro cara nos intervalos dos encontros. Mas eles sabem que são a única esperança um do outro. Afinal, se existem tantos casais complicados por aí, por que as coisas não dariam certo para um casal obsessivo-compulsivo? No fundo, esta é só mais uma história de amor... e TOC."

Parece mais um daqueles YA bem levinhos, com protagonistas legaizinhos e diferentes. Achei a sinopse muito interessante e a capa lindíssima, e olha que eu não sou muito fã de capas amarelas. :P

"Simplesmente Acontece", de Cecelia Ahern
Publicado pela Editora Novo Conceito


"O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples."

 Já li P.S. Eu Te Amo (resenha AQUI) e amei! Vi o trailer do filme e achei a estória tão amorzinho que tive que colocá-lo aqui na Wishlist. :P

"Os 13 Porquês", de Jay Asher
Publicado pela Editora Ática


"Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento."

Muitos blogs e vlogs falam MUITO BEM desse livro. Achei a proposta muito interessante, principalmente pelo fato de Clay ser um dos motivos. Gosto de livros com esses temas mais "pesados", são ótimos para refletir. ^^


Espero que tenham gostado!










domingo, 17 de maio de 2015

A Mais Ouvida da Semana-Love Me Like You Do

Olá pessoal, tudo bom?
Hoje eu vim com mais uma indicação musical para vocês! Uhu \o/
Bom, vocês já viram que música é no título da postagem, então vamos logo para a música.

Love Me Like You Do-Ellie Goulding


Não é novidade pra ninguém que essa música é um estouro, já que ela toca em absolutamente todo e qualquer lugar que tenha música. Se eu não me engano, ela faz parte da soundtrack do filme Cinquenta Tons de Cinza, e bom, isso explica toda a fama da música.
É uma música meio chata, na minha opinião, mas é MUITO viciante! Eu não consigo parar de ouvir! :P

Espero que tenham gostado! :D
Tenham uma ótima semana!



sexta-feira, 15 de maio de 2015

Dezesseis Luas-Margaret Stohl e Kami Garcia

Gatlin é uma cidade minúscula e pacata, onde todo mundo sabe sobre a vida de todo mundo e onde todos os moradores parecem "presos" à cidade, já que parece que nunca ninguém vai embora ou chega no lugar. 

Ethan Wate é um menino de dezesseis anos que viveu sua vida inteira em Gatlin, como a maioria das as outras pessoas da sua idade. Diferente de boa parte dos protagonistas desse tipo de livro, ele não é aquele adolescente recluso e sem amigos, na verdade, Ethan é o contrário disso: ele senta na hora do almoço com o "pessoal legal" e até faz parte do time de basquete. Na verdade, a única coisa que o difere da maioria é que ele gosta muito de literatura, mas não sai "divulgando" isso por aí. Seu maior sonho é sair de uma vez de Gatlin, já que ele acha que saindo dali sua vida poderia sair daquela mesmice.

Há alguns meses, a mãe de Ethan faleceu, e desde então ele tem tido alguns sonhos estranhos, onde ele sempre tenta salvar uma menina que ele não consegue ver o rosto. Eis que um dia chega uma garota nova na escola. O nome dela é Lena Duchannes e digamos que ela não tenha o padrão das outras garotas da escola, já que ela se veste e age de forma diferente da maioria. 

Ela já é isolada pelos outros e tudo piora muito mais quando descobrem que ela é sobrinha de Macon Ravenwood, o "recluso" da cidade, que ninguém viu, mas todos temem. Na cidade há vários boatos, dizendo que o homem é isso e aquilo, que esconde corpos e é praticamente um demônio.

Ethan, pela primeira vez na vida decide ir contra os padrões e resolve se aproximar de Lena, já que ele tem absoluta certeza de que ela é a menina dos sonhos dele. Porém, isso não será muito fácil, principalmente porque Lena tem um grande segredo, que pode mudar a vida dela e de muitas pessoas próximas.

"Eu me sentia bem em ter alguém com quem podia conversar sem ter que editar tudo que dizia."
Página 104

Ao vermos a sinopse do livro já temos certeza de que se trata de um romance sobrenatural. Isso assim, de cara, já da para notar. Mas, nesse livro temos um diferencial que eu achei muito legal é que o narrador não é uma menina e sim um menino, quebrando o padrão da maioria dos livros desse gênero.
Outra coisa que eu gostei bastante é que, como em Halo, os "poderes" não estão no menino, e sim na menina. Não que essa inversão de personagens tenha mudado muita coisa, mas é legal ver uma pequena regra sendo quebrada.

A estória toda nesse livro é muito bem feita, o que fez o romance não ser o único foco do livro, embora ele ainda predomine bastante. Todas as ligações com o passado das famílias Duchannes e Wate são muito legais e me deixou com vontade de saber mais.

A cidade ficou com uma descrição quase perfeita. Eu moro em cidade pequena, e, acreditem ou não, mas minha cidade não é muito diferente de Gatlin. Muitas coisas podem parecer exagero, mas realmente acontecem, acreditem em mim.

É um livro muito bom em um todo, mesmo com suas falhas. A série tem quatro livros, então eu espero que todas as minhas dúvidas sejam sanadas nos próximos três livros. Senti falta de saber um pouco mais da vida de Macon Ravenwood, que pra mim foi o melhor personagem do livro todo. Adoraria que fizessem um filler sobre ele, seria muito legal!

O livro também tem filme, que foi lançado em 2013. Vou tentar assistir, mas já estou chorando previamente, já que não me parece tão bom! :/

"-Nunca amei você mais do que amo nesse exato segundo. E nunca vou amar você menos que a amo nesse exato segundo."
Página 483

------------

Título: Dezesseis Luas
Autoras: Margaret Stohl; Kami Garcia
Editora: Galera Record
Nº de Páginas: 488
Avaliação: Muito Bom (4/5)

"Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece... Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona."







quarta-feira, 13 de maio de 2015

Tag: Baralho de Cartas


Olá pessoal, tudo bom?
Fui indicada pelo querídissimo Adan do blog Mundos na Estante para responder esta tag. Achei a tag bem interessante e, mesmo sem entender nada de baralhos, eu adorei respondê-la.
Vamos conferir minhas respostas?

Ás de ouros - Ter muitos livros pode ser considerado uma herança. A quem deixaria seus livros em um testamento?

Se eu morresse amanhã, por exemplo, gostaria que meus livros ficassem com meu primo, já que ele é como um irmão para mim. Pensando no futuro e supondo que eu tenha filhos, deixarei meus livros para eles. Espero que eles gostem de ler tanto quanto eu, caso contrário dormirão fora de casa! (Brincadeira!) (Talvez não)

Sete de paus - Depois do trabalho árduo, a recompensa. Aquele livro com uma escrita difícil, mas super endoidecedora.

Os livros da Saga do Mago são ótimos, mas a leitura deles não é muito fácil, coisa comum de livros de caráter épico. Nem todos os livros são fascinantes, mas a saga em um todo é muito boa!

Valete de espadas - De batalhas é feita a história. Escolha uma passagem descritiva de uma batalha que tenha gostado de ler.

Burlando um pouco as regras, só porque eu sou vida loka, vou colocar a cena da batalha de Hogwarts. É meio clichê, mas Harry Potter marcou muito minha vida e essa cena mexe com meu coração e sentimentos. <3



Rainha de copas - Figura forte e cheia de poder. Revele-nos um livro escrito por uma mulher de que tenha gostado muito. 

A maioria dos meus livros favoritos foram escritos por homens, por algum motivo que desconheço. Para não ficar clichê e repetitivo, também não irei citar J. K. Rowling aqui. Para essa pergunta, vou escolher a maravilhosa Suzanne Collins, autora da trilogia Jogos Vorazes. :D

Coringa - Num jogo, sempre que o coringa aparece o valor das cartas se altera. Qual foi o autor que entrou na sua vida e mudou muita coisa?

Um autor que marcou uma grande mudança na minha vida foi o autor Walcyr Carrasco. Primeiro porque foi por causa de um livro dele (Anjo de Quatro Patas, para os interessados) que eu comecei esse lindo blog que vocês estão lendo. Outra mudança que causou em minha vida foi de ter me mostrado que a leitura nacional tem uma grande qualidade, e este livro ajudou muito na erradicação desse preconceito que eu tinha, pois foi com ele que eu vi que autores brasileiros tinham muito potencial.


Bom, para responder essa tag, indico os blogs Não Leia, The Queen's Castle, Entre Páginas de Livros e Novo Romance.

Abraços! ^^




segunda-feira, 11 de maio de 2015

O que eu li em... Abril|2015

Olá pessoal, tudo bom?
Hoje venho mostrar os livros que eu li no mês de abril. Já vou adiantando à vocês que foi um mês que eu li muito pouco. Daremos as mãos e rezemos juntos para que o mês de maio seja diferente! Hahaha

A minha primeira leitura do mês foi O Teorema Katherine, do autor John Green.
O livro conta a estória de Colin, que já teve 19 namoradas chamadas Katherine e todas elas terminaram com ele. A partir disso, ele decide fazer uma viagem sem destino certo e criar um teorema que promete prever o destino dos namoros de forma geral.

Leia minha resenha clicando AQUI.




Minha segunda e última leitura do mês foi o primeiro livro da gigantesca série As Garotas da Rua Beacon.
É um livro bem legalzinho, que vai falar sobre as diferenças entre quatro meninas que, no início, se odiavam, mas depois transformam todo o ódio em uma linda amizade.

Leia minha resenha AQUI.






Espero que tenham gostado! :D


segunda-feira, 4 de maio de 2015

As Garotas da Rua Beacon #1-Annie Bryant

Charlotte já morou em vários lugares de mundo e acabou de se mudar para a cidade em que nasceu. Ela é uma garota extremamente reservada, ama livros e astronomia e é muito desastrada. Em seu primeiro dia no Colégio Abigail Adams, ela terá que almoçar todos os dias com outras três meninas que são muito diferentes uma das outras. Tudo piora quando ela acaba fazendo um fiasco e ensopando as outras com o almoço.

Katani é viciada em moda, Maeve só pensa em meninos e sonha em ser uma atriz famosa e Avery é fanática por esportes. Claramente, as quatro são muito diferentes e, basicamente, se odeiam. Depois de reclamar para a professora sobre suas colegas de almoço, elas decidem fazer o seguinte: irão passar uma noite juntas para se conhecerem melhor, então, depois disso, poderão sentar onde quiserem.

Depois dessa noite que teria tudo para dar muito errado, elas começam à se entender e perceber que podem aprender muito com as diferenças que elas possuem.

"A verdade é que você pode enganar a si mesmo acreditando no que quiser."
Página 209

Ao olharmos para o livro já vemos que é direcionado à crianças, no máximo para o público infanto-juvenil, e de fato esse é o público alvo do livro. Eu tinha a ideia de que seria um livro bobinho, e por se tratar de meninas, meio fútil. Por sorte, eu estava completamente errada!

Cada personagem não é diferente uma da outra apenas em personalidade, mas também em situações: uma é adotada, outra mora só com o pai, outra sofre com problemas de aprendizado, etc. Isso é muito legal, por mostrar as diferenças não só psicológicas, mas também sociais.

As personagens tem em torno dos doze anos, mas achei que alguns atos delas não condiziam com a idade em que elas se encontravam. Muitas vezes eu achava que elas pareciam "adolescentes demais" para a idade que elas realmente tinham.

Pensando em quando eu tinha essa idade, que nem foi há tanto tempo assim, claro que eu me identifiquei com Charlotte e também um pouco com a personalidade mais descontraída da Avery, mesmo não gostando muito de esportes.

Katani me fez bufar durante a leitura. Felizmente, aos poucos ela foi melhorando, mas, sinceramente, se eu estivesse ali já teria dado uns bons tapas na cara dela! Hahahaha Não fiquem achando que eu sou violenta, por favor! :P

A diagramação do livro é lindinha! Em todas as páginas tem florzinhas, o que eu achei super a cara do livro! A Editora Fundamento está de parabéns nesse quesito!

É um ótimo livro para quem ainda está adentrando nesse mundo literário e é bom lê-lo quando você for mais velho, o segredo é se adequar à idade das personagens e do público alvo. :D

------------

Título: As Garotas da Rua Beacon: Piores Inimigas/Melhores Amigas
Autora: Annie Bryant
Editora: Fundamento
Nº de Páginas: 254
Avaliação: Bom (3/5)

"Uma delas é desastrada, gosta de livros e astronomia. A outra é esportista, elétrica e nunca sabe a hora de parar de falar. Outra só quer saber de cinema e garotos. E a último menina do quarteto é superligada em moda, mas antipática. Será que quatro garotas que não vão com a cara uma da outra podem superar suas diferenças e se tornarem melhores amigas? Ou vão ser piores inimigas? Conheça as Garotas da Rua Beacon e descubra um mundo só delas, que se esconde na torre de um casarão misterioso, cheio de encontros românticos desastrosos, um cachorro clandestino e tarefas de casa muito inusitadas!"



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leitores!

Todos os textos são feitos por nós, não copie sem por os devidos créditos! Plágio é crime!. Tecnologia do Blogger.

Newsletter

Rafa está lendo

Siga-nos