segunda-feira, 1 de setembro de 2014

O Doador de Memórias-Lois Lowry

Imagine um futuro distante perfeito. Não há discórdia, não há dor, não há mentira e todas as pessoas são felizes. As famílias são "perfeitas": um pai, uma mãe e um casal de filhos. Além disso, todos têm um emprego que corresponde às próprias características, então, poucos não gostam de seu cargo. Não é ótimo pensar que poderá haver um futuro assim? Jonas está prestes à descobrir que, talvez, por trás de toda essa utopia possa haver muita coisa errada.

Nosso protagonista tem onze anos, e, aos doze, todas as crianças são escolhidas para seguirem sua "Atribuição", ou seja, o cargo que irão seguir para o resto de suas vidas. Jonas está eufórico, aliás, é um marco importante de sua vida, e ele nem faz ideia de que Atribuição lhe será dada.

Então, o grande dia chega.
Jonas está ansiosíssimo, e quando é a sua vez na fila da Atribuição, ele é pulado. Encabulado e confuso com a situação, Jonas fica quieto, esperando uma explicação. Até que, depois de todos, Jonas é chamado, e para a surpresa de todos, lhe é atribuído o cargo de Recebedor de Memórias.

Pouca coisa se sabe sobre este cargo, apenas que a Recebedora anterior não havia tido sucesso. Quando lê a pasta sobre as instruções do treinamento, Jonas se depara com regras que jamais seriam aceitas, como o poder de mentir. Ele já foi avisado que o treinamento poderia ser doloroso, e logo nas primeiras "aulas" com o Doador, que é seu instrutor, ele já pode ter noção de que é tudo verdade.

Só nos resta saber se Jonas realmente irá conseguir concluir o treinamento e que revelações isso trará sobre a sua sociedade "perfeita".

No início podemos ver que até o convívio familiar é muito forçado, onde os fatos considerados tristes, são coisas leves e relativamente banais, e os consolos dados são coisas do tipo "sinto muito" ou "é uma pena". E gente, é tudo muito doido! Haha. Os filhos não nascem do casal (pai e mãe), e sim de uma mãe biológica para depois serem "distribuídos" para as famílias.

Até mesmo a sexualidade é controlada. Quando Jonas sonha com sua amiga Fiona de um jeito meio #safadjênho ele começa à tomar as "pílulas do atiçamento", que vai ajudar a controlar isso.

Enfim, o livro é ótimo, mas vai deixar você provavelmente de cabelo em pé no início. Eu tinha uma certa implicância com Jonas no início, porém depois das memórias recebidas, ele começa à ter mais maturidade, o que é muito bom.

Se você espera um final bem esclarecido, não leia este livro sem ter a continuação, pois o final deixa aquele cliffhanger maldito! Eu estou tendo uma crise aqui! hahaha

Indico muito, pois vai abrir nossos olhos pra muitas coisas que não acontecem apenas nas distopias.

-----------

Título: O Doador de Memórias
Autora: Lois Lowry
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 192
Avaliação: Muito Bom (4/5)

Os habitantes da pequena comunidade, satisfeitos com suas vidas ordenadas, pacatas e estáveis, conhecem apenas o agora - o passado e todas as lembranças do antigo mundo foram apagados de suas mentes.
Uma única pessoa é encarregada de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis.
Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz idéia de que seu mundo nunca mais será o mesmo.
Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar.
(Skoob)


3 comentários :

  1. Acho a premissa dele extremamente interessante, mas não sei, talvez eu veja o filme primeiro para ler o lviro.

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Acho que verei o filme primeiro também. Sou mais adepta a romances calmos hauhauahuaha os livros que me deixam meio histérica, como imagino que esse deixará são ótimos para as minhas férias! Durante o período letivo seria suicídio escolar!

    The Queen’s Castle, Ana P. Maia ♛
    http://booksandcrowns.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Rafa, hoje pensei: qual livro vou ler agora? Esse me veio em mente e pensei: será que é bom? Por sorte encontrei sua resenha que me fez ter certeza de que é esse livro que quero ler o/ Gostei muito da história e da sua opinião, curto muito suas resenhas, sério, são as que eu confio.

    Abraços
    www.entrepaginasdelivros.com

    ResponderExcluir

Nós adoramos comentários e saber o que vocês acharam das postagens, mas tem algumas regras:
-O espaço dos comentários é para os leitores, então não venha divulgar o blog por aqui. Se quiser divulgar, mande-nos um e-mail. ;D
-Comente sobre o post em questão.
-Não critique de forma grosseira e nem ofenda as pessoas. Críticas são bem vindas, mas educação, por favor! (Caso isso aconteça o comentário será removido.)
Sendo assim, você pode comentar à vontade! ;D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leitores!

Todos os textos são feitos por nós, não copie sem por os devidos créditos! Plágio é crime!. Tecnologia do Blogger.

Newsletter

Rafa está lendo

Siga-nos